terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Os senhores do P3 entenderam, numa atitude que ainda lhes poderá vir a custar a carreira no melhor jornal português, mas isso é lá com eles, que alguns dos textos que lhes enviei teriam dignidade para ser publicados e assim o fizeram. O último que lá publiquei (a par de outros dois, respeitantes a dois filmes do Fellini e do W. Allen, e que são versões mais reduzidas do que aqui escrevi) é relativo ao filme "Sangue do Meu Sangue", de João Canijo, e consiste num excerto, modificado aqui e ali, do texto original que publiquei neste blog. Se tiverem interesse e paciência (esta última é uma substância muito rarefeita entre os internautas), dêem uma vista de olhos por aqui. Se nunca tiveram, peço desculpa pelo incómodo e, para a próxima, como diz a minha Mãe, meto a viola no saco.

2 comentários:

Street Fighting Man disse...

ahahah lançadote no mundo dos media meu chapa! de facto o jornal é bom, e é bom lá encontrar caras (e letras) conhecidas. tás de parabéns ;) abraço

Francisco Noronha disse...

obrigado, pá:)

(p.s.: quando disse "melhor jornal português", estava a referir-me ao Público, em si, não ao P3)