segunda-feira, 3 de setembro de 2012

e a humanidade avança, calmamente, para a skypezação (2)

"Na sua prisão, o pobre homem não podia sonhar que aquele coração, curvado sobre a roupa interior de Diotima, batia por ele. A casa do director-geral Tuzzi não era muito longe do tribunal. De um telhado a outro, uma águia precisaria apenas de bater asas poucas vezes; mas para a alma moderna, que cruza sem qualquer esforço continentes e mares, nada é mais impossível do que encontrar a ligação com as almas que vivem ao virar da esquina".

Robert Musil, O homem sem qualidades, I, Dom Quixote, 2008, p. 304.

2 comentários:

GCM disse...

"sem qualquer esforco"?!

Francisco Noronha disse...

Sim! Em termos físicos (já não há fronteiras físicas; tudo é ultrapassável, seja por terra, ar ou água) e, sobretudo, tecnológicos (através de instrumentos como, justamente, o skype, o fb, etc.). O "sem esforço" é nesse sentido.